Central das Notícias
Notícias, vídeos e humores
closeDownload
Baixe agora!
share icon

Vidal tem mais de 90% de aproveitamento em passes e pontos pelo Flamengo

NETFLA

Com menos de um mês desde sua estreia pelo Flamengo , Arturo Vidal coleciona números expressivos. Destaque na vitória sobre o Athletico-PR por 1 a 0, na última quarta-feira, o chileno tem chamado atenção pela qualidade de passe. Até o momento, acertou 272 de 291 passes tentados - 93,4% do total.

Com Vidal em campo, o Flamengo ainda não perdeu: são 22 pontos conquistados em 24 possíveis - 91,6% . Nesses oito jogos, os rubro-negros sofreram apenas dois gols e marcaram 17. O único jogo que o gringo não venceu foi o de ida com o Athletico pelas quartas de final da Copa do Brasil (0 a 0).

+ Das mãos de Santos à bicicleta de Pedro: Flamengo põe Athletico na roda em quase dois minutos; veja

Cartão de visitas com 100% de aproveitamento e desarme decisivo

Em sua estreia pelo Flamengo , contra o Avaí, no dia 24 de julho, Vidal mostrou o espírito que dele esperavam. Entrou em campo aos 32 minutos e 47 segundos. Aos 33'17'', já bloqueou um chute de Kevin com um carrinho. Na sequência, acertou todos os seis passes que tentou. Sua participação mais importante, porém, aconteceu aos 38, quando desarmou Eduardo com um "carrinho-surpresa".

A roubada de bola transformou-se num passe para Pablo, que esticou para Arrascaeta acelerar, tabelar com Gabigol, finalizar e na sequência cruzar para Pedro. O centroavante cabeceou como manda o figurino e deu números finais ao jogo: 2 a 1 de virada.

Vidal em ação pelo Flamengo contra o Athletico-PR — Foto: Marcelo Cortes/Flamengo
1 de 4Vidal em ação pelo Flamengo contra o Athletico-PR — Foto: Marcelo Cortes/Flamengo

Vidal em ação pelo Flamengo contra o Athletico-PR — Foto: Marcelo Cortes/Flamengo

Poucas faltas e nenhum cartão

Conhecido por ser um jogador raçudo e combativo, Vidal também carrega consigo a fama dos muitos cartões. Até o momento, porém, não levou nenhum e pouco parou o jogo com faltas. São apenas quatro infrações, média de 0,5 por partida.

Falante com os companheiros e animado com a torcida

"Na verdade, acredito que foi uma das coisas mais lindas do futebol quando entrei em campo e a torcida começou a gritar meu nome sem nunca ter jogado aqui". Vidal disse isso ao ser apresentado como reforço rubro-negro, em 18 de julho. E a conexão com a torcida do Flamengo , que já era manifestada por ele há pelo menos dois anos em corriqueiras declarações, aconteceu rapidamente.

Desde a estreia, sempre tem terminado as vitórias rodando camisa ao lado de Gabigol, Rodinei e de outros jogadores de quem tem se aproximado. Em campo, mostra-se tão barulhento quanto nas redes sociais e nas comemorações.

Vidal comemora seu gol pelo Flamengo — Foto: André Durão
2 de 4Vidal comemora seu gol pelo Flamengo — Foto: André Durão

Vidal comemora seu gol pelo Flamengo — Foto: André Durão

No jogo com o Avaí, falou bastante. Diante do Athletico-PR, foi exaltado por torcedores após dar uma bronca em Rodinei, que fazia partida inconstante e terminou como um dos principais destaques. O lateral-direito, aliás, foi chamado de "La Máquina" na apresentação. E, a amigos, apelidou o camisa 22 de "Avión".

Um gol, 11 desarmes e músicas que o aproximam da torcida

Vidal comemora o quarto gol do Flamengo na goleada sobre o Tolima — Foto: Fred Gomes
3 de 4Vidal comemora o quarto gol do Flamengo na goleada sobre o Tolima — Foto: Fred Gomes

Vidal comemora o quarto gol do Flamengo na goleada sobre o Tolima — Foto: Fred Gomes

Quando ainda nem tinha contrato assinado, em 6 de julho, o volante chileno esteve no Maracanã para assistir à goleada por 7 a 1 sobre o Tolima. Torcedores que estavam próximos à cabine do chileno, cantaram "o Vidal é mau, pega um, pega geral", fazendo-o herdar a música que era de Júnior Baiano nos anos 90. Após o seu primeiro gol, nos 4 a 1 sobre o Atlético-GO, a letra mudou, e um palavrão serviu de rima para avisar que "Vidal apareceu".

No jogo em que o Flamengo tirou o Athletico-PR da Copa do Brasil, na última quarta-feira, Vidal fez sua melhor apresentação pelo clube. Desarmou três vezes - são 11 em oito jogos - e, mesmo sem se limitar a passes laterais, acertou 71 dos 73 passes que tentou (97%).

E o mais importante: suportou o cansaço físico e a dor de um tostão que levou de Khelven ainda no primeiro tempo. Deixou o campo somente aos 37 minutos do segundo tempo.

Foi titular ainda em apenas três dos oito jogos pelo Flamengo - 346 minutos jogados (média de 43,25 por partida) -, mas já tem o status de peça-chave de Dorival. Com a rápida adaptação e a grande atuação diante do Furacão, a expectativa pela efetivação de Vidal no time principal cresce. Será contra o Palmeiras? A resposta vem no domingo.

Os números de Vidal em oito jogos pelo Flamengo

Jogo Data Passes Passes certos Índice de acerto Desarmes Faltas cometidas Faltas recebidas
Avaí 1x2 Flamengo 24/07 6 6 100% 1 (decisivo) 0 0
Flamengo 0x0 Athletico-PR 27/07 41 35 85% 0 0 0
Flamengo 4x1 Atlético-GO 30/07 57 52 (uma assistência) 92% 3 3 2
Corinthians 0x2 Flamengo 02/08 28 27 96% 1 0 0
São Paulo 0x2 Flamengo 06/08 35 31 88% 3 1 1
Flamengo 1x0 Corinthians 09/08 22 21 95% 1 0 2
Flamengo 5x0 Athletico-PR 14/08 28 28 100% 0 0 1
Athletico-PR 0x1 Flamengo 17/08 73 71 97% 3 0 2

4 de 4 — Foto: Reprodução

— Foto: Reprodução

🎧 Ouça o podcast ge Flamengo 🎧

Assista: tudo sobre o Flamengo no ge, na Globo e no sportv

Ver fontes Baixe!