Central das Notícias
Notícias, vídeos e humores
closeDownload
Baixe agora!
share icon

Itália avalia "tapetão" para herdar vaga do Equador na Copa

Yahoo Esportes
Jogadores da Itália ficaram desolados após perderem para a Macedônia do Norte na repescagem das Eliminatórias. Foto: Reuters/Guglielmo Mangiapane

Jogadores da Itália ficaram desolados após perderem para a Macedônia do Norte na repescagem das Eliminatórias. Foto: Reuters/Guglielmo Mangiapane

O ex-membro do comitê do Comitê Olímpico Nacional Italiano (CONI), Franco Chimenti, disse que a Itália ainda tem chance de jogar a Copa do Mundo se o Equador for banido.

Os azzurri não conseguiram se classificar para a Copa do Mundo pela segunda vez consecutiva depois de perder por 1 x 0 contra a Macedônia do Norte nas semifinais dos playoffs em março.

No entanto, Franco Chimenti, o atual presidente da Federação Italiana de Golfe e ex-membro do comitê CONI, vê uma chance concreta para os azzurri jogarem no Catar em novembro.

“Ainda há uma chance de ver a Itália na Copa do Mundo e é mais concreto do que as pessoas pensam”, disse ele em declaração revelada pelo jornal La Repubblica.

“Aparentemente, o Equador usou um jogador que não tinha permissão para entrar em campo e poderia pagar por isso. Se isso acontecer, outro país deve substituí-los e as regras da FIFA determinam que o país mais alto no ranking da FIFA deve ser lembrado, no momento, é a Itália”, explicou o cartola.

Na semana passada, a FIFA anunciou que estava investigando oficialmente as alegações feitas pela federação chilena de que o Equador falsificou os documentos do jogador Byron Castillo.

Castillo jogou oito partidas durante as eliminatórias – incluindo duas contra o Chile, que não conseguiu chegar à Copa do Mundo, e o Equador conquistou quatro pontos contra a La Roja.

Segundo o La Repubblica, a FIFA pode tomar duas decisões diferentes. O Equador pode perder os pontos ganhos nas partidas em que Castillo jogou, permitindo que o Chile termine acima no grupo de qualificação.

No entanto, a outra opção é excluir o Equador e dar o passe da Copa do Mundo para outro país. Neste caso, a Azzurra teria uma chance, sendo a equipe mais alta no ranking da FIFA no momento.

Recentemente o presidente da FIFA, Gianni Infantino, minimizou os relatos de que a Itália poderia ser convocada para a Copa do Mundo de 2022. Por favor, falem sério, disse ele a jornalistas em uma visita a Florença.

Ver fontes Baixe!