Central das Notícias
Notícias, vídeos e humores
closeDownload
Baixe agora!
share icon

'Eurovision': Ucrânia ganha competição com o grupo Kalush Orchestra

iG
Grupo ucraniano Kalush Orchestra venceu o 'Eurovision 2022'
Reprodução/Instagram - 15.05.2022

Grupo ucraniano Kalush Orchestra venceu o 'Eurovision 2022'

O grupo musical ucraniano Orquestra Kalush foi o vencedor do Festival Eurovision, popular competição musical na Europa. A banda recebeu permissão especial para deixar o país em guerra com a Rússia e acumulou 631 pontos na disputa, grande parte vindo da votação do público em todo o continente, uma possível demonstração de apoio à nação devastada pela invasão militar.

O país vencedor tradicionalmente sedia a edição no ano seguinte e o presidente Volodymyr Zelensky já manifestou interesse em fazê-lo, apesar de não haver nenhuma previsão para o fim do conflito. Em mensagem publicada no Instagram, o líder ucraniano parabenizou os membros da Orquestra Kalush e manifestou o desejo de ver seu país "livre, pacífico e reconstruído" em 2023.

"Nossa coragem impressiona o mundo, nossa música conquista a Europa! No próximo ano, a Ucrânia será a anfitriã da Eurovision! Pela terceira vez em sua história. E eu acredito: não será a última. Faremos o nosso melhor para um dia receber os participantes e convidados do Eurovison na Mariupol ucraniana. Livre, pacífica, reconstruída! Obrigado Orquestra Kalush e todos que votaram em nós! Tenho certeza de que nosso acorde vitorioso na batalha com o inimigo não está longe. Glória à Ucrânia!", ressaltou o presidente.

Por outro lado, a organização do festival já afirmou que considerará todas as opções para 2023, mas admitiu que a decisão vem com "desafios únicos".

A Orquestra Kalush terminou sua apresentação na final em Turim com um apelo: "Por favor, ajude a Ucrânia, ajude Mariupol, ajude Azovstal agora". Eles apresentaram a música "Stefania" originalmente escrita como uma homenagem à mãe do vocalista Oleh Psiuk, mas reaproveitada como uma mensagem contra a guerra.

A canção combina antigas melodias características da cultura ucraniana com a flauta tradicional e batidas contemporâneas de rap e hip-hop. A letra sobre "estradas quebradas" e campos "tornando-se cinzas" acabou se tornando real, com a destruição causada por combates entre militares desde fevereiro. Confira o clipe, gravado nas cidades de Bucha, Irpin, Gostomel e Borodyanka:

Ver fontes Baixe!