Central das Notícias
Notícias, vídeos e humores
closeDownload
Baixe agora!
share icon

Investimentos de fomento da indústria e agronegócio em Nova Andradina somam R$ 40 milhões

NOVA NEWS
Cb image default
Imagem: João Cláudio

Importante polo industrial e de geração de empregos, o município de Nova Andradina está recebendo recursos de R$ 40 milhões do Governo do Estado para potencializar a indústria local e fomentar o agronegócio.

O governador do Estado Reinaldo Azambuja acompanhado do secretário de Produção, Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, o prefeito José Gilberto Garcia, o secretário de Governo Eduardo Rocha e o presidente do Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul), André Borges, efetuou a assinatura da ordem de início de serviço para obra de implantação e pavimentação asfáltica de 11,1 quilômetros da estrada vicinal que dá acesso à Usina Santa Helena, em Nova Andradina.

A obra, autorizada na quinta-feira (18) pelo governador Reinaldo Azambuja durante a celebração dos 30 anos da usina, vai beneficiar mais de mil e trezentos trabalhadores do setor sucroalcooleiro.

Com custo de R$ 30,4 milhões, a pavimentação da Estrada Vicinal NA-18, será realizada com recursos do Pro-Desenvolve, da Semagro. De acordo com o titular da pasta, Jaime Verruck, a obra melhora o tráfego de veículos da região e facilitará o escoamento da produção da indústria, uma das maiores geradoras de empregos em Nova Andradina.

"A obra vai gerar competitividade para a indústria e dar mais dignidade aos milhares de funcionários que aqui passam diariamente", salientou.

O governador do Estado lembrou que a obra da usina é uma reivindicação antiga do município. “Vamos pavimentar a via de acesso da rodovia até a empresa, melhorando a trafegabilidade, dando mais competitividade à indústria, ampliando a possibilidade de investimento de novos investidores e melhorando a qualidade de vida das pessoas. Mais de mil colaboradores utilizam o transporte coletivo para se deslocarem ao trabalho e, quando tem chuva, tem barro; quando tem sol tem poeira. Com esta obra, vamos proporcionar conforto, segurança e competitividade”, destacou Reinaldo Azambuja.

Gilberto Garcia demonstrou toda sua gratidão ao governo do estado. “Hoje é dia de comemorar recorde de investimentos. Mais de 170 milhões para obras e melhorias estruturais. Isso é resultado de um trabalho de articulação com todas as esferas governamentais, em especial, o governo estadual, que destinou grande parte desses recursos”, frisou o prefeito de Nova Andradina.

Outros investimentos

No município, o Governo lançou ainda novas obras em saneamento, infraestrutura, saúde, esporte, lazer e educação, com recursos que superam R$ 64 milhões.

Entre os destaques está a drenagem e pavimentação do Distrito Industrial de Nova Andradina, no valor de R$ 10 milhões. "O repasse já foi feito a prefeitura. A obra está sendo licitada e, em breve, o parque industrial terá total infraestrutura para atender as indústrias já existentes e aquelas que ainda vão se instalar", destacou o secretário.

Verruck ainda lembrou que o Conselho Estadual de Recursos Hídricos fez o reenquandramento do Córrego Baile. "Isso vai beneficiar a implantação de novos empreendimentos industriais com mais de 300 empregos no município e melhorar as condições ambientais", sinalizou.

Usina

Integrando gestão e inovação a usina Santa Helena é o maior empregador de Nova Andradina. Inaugurada nos anos 80 e conhecida, até então, como Destilaria Nova Andradina, a empresa foi comprada em 1992 por Benedito Coutinho, agricultor e membro de tradicional família do setor sucroalcooleiro nos estados de Pernambuco e Alagoas.

No primeiro ano de sua operação a Energética Santa Helena esmagou 260 mil toneladas de cana de açúcar e processou 18 mil m3 de etanol. Atualmente ocupa uma área de 40 mil hectares de cana plantadas onde são produzidas aproximadamente 2 milhões de toneladas de cana que são processadas em sua unidade industrial. Produz anualmente 170 mil m3 de etanol anidro e hidratado.

De acordo com o diretor da usina, Ricardo Coutinho, o acesso a usina é o único caminho para trazer funcionários e escoar produção. Por isso ele comemorou a obra. "Este asfalto é uma infraestrutura que há muito tempo a gente pleiteava ao Governo e hoje é uma realização receber esta informação", comemorou.

* Texto com informações da assessoria do Governo do Estado de MS

Ver fontes Baixe!