Central das Notícias
Notícias, vídeos e humores
closeDownload
Baixe agora!
share icon

Bitcoin retorna aos US$ 30 mil enquanto Theter se mantém forte; Luna não se recupera Por Investing.com

Investing
Bitcoin retorna aos US$ 30 mil enquanto Theter se mantém forte; Luna não se recupera

Por Geoffrey Smith

Investing.com - O preço do Bitcoin saltou acima de US$ 30.000 na sexta-feira, no final da semana do que ameaçava ser a sua pior em quatro anos.

Às 09h58, a maior criptomoeda em valor de mercado subia 7,84% na exchange Bitfinex a US$ 30.767, tendo caído para US$ 26.600 na quinta-feira e ultrapassado os US$ 31 mil nessa madrugada. A mínima de quinta-feira foi o menor nível desde dezembro de 2020.

A recuperação ocorreu graças em grande parte ao alívio das preocupações sobre o Tether, a maior rede de stablecoin do mundo, que caiu mais de 6% na quinta-feira em meio a preocupações com a qualidade de seu apoio.

O Tether se recuperou para negociar dentro de um fio de 1:1 com o dólar nesta sexta-feira, depois que seu diretor de tecnologia Paolo Ardoino garantiu aos investidores que o Tether conseguiu atender a toda a demanda de resgate confortavelmente devido à alta qualidade de suas reservas. Ele processou mais de 2 bilhões de USDTs em resgates desde o início da volatilidade, disse Ardoino via Twitter na sexta-feira.

De acordo com os dados mais recentes da Tether, caixa e equivalentes de caixa representam 84% de suas reservas, com empréstimos garantidos representando 5,3% e títulos corporativos, fundos e metais preciosos representando 4,6%. Os 6,4% restantes são mantidos em ‘outros investimentos, incluindo tokens digitais’.

Cerca de 52% do caixa e equivalentes do Tether - ou seja, 43,5% de suas reservas totais - são mantidos em títulos do Tesouro de alta liquidez e sem risco.

O papel comercial, dívida corporativa de curto prazo com risco de crédito, representa 36,7% da reserva de caixa, ou 30,8% da reserva total.

O restante do caixa e equivalentes é representado por caixa e depósitos bancários (6,4%) e recursos do mercado aberto (4,6%).

A Tether não divulga os detalhes de suas participações em papéis comerciais ou títulos corporativos, ou a avaliação de suas participações em fundos e metais preciosos. As dúvidas sobre a qualidade dos ativos de risco se recusaram a desaparecer completamente desde que os reguladores dos EUA o acusaram de mentir sobre eles por mais de três anos até 2019. A Commodity and Futures Trading Commission multou a Tether e seu proprietário Bitfinex em mais de US$ 42 bilhões por " deturpações" no ano passado.

A oscilação do Tether começou depois que outra stablecoin, TerraUSD, entrou em colapso no início da semana. Nem Terra nem o token LUNA que existe na mesma rede, recuperaram qualquer parte significativa de seu valor, apesar de uma promessa feita na quarta-feira pelo cofundador Do Kwon de injetar novas reservas. A negociação na blockchain Terra foi retomada na sexta-feira, mas foi rapidamente suspensa novamente.

 

Ver fontes Baixe!