Central das Notícias
Notícias, vídeos e humores
closeDownload
Baixe agora!
share icon

Elza Soares fez show em Joinville na década de 1970 para trabalhadores da Tupy

A Notícia.

Era maio de 1975 e a principal manchete do Correio da Tupy, jornal que circulava dentro da metalúrgica, registrava um show que ocorreu na sede da empresa. Dentre os artistas que se apresentaram estava Elza Soares, que morreu na tarde de quinta-feira (20), aos 91 anos. 

​Entre textos e fotos, a reportagem intitulada "Ministério do Trabalho presenteou trabalhadores joinvilenses com magnífico show" ocupou duas páginas. Na 27, o autor cita que o ato "constituiu um verdadeiro presente" aos trabalhadores da empresa e suas famílias no dia 1° de maio, "data magna do trabalho". 

Além de Elza Soares, músicos renomados como Eliane Pittman, Jorge Ben e Cauby Peixoto também se apresentaram na ocasião. Conforme o informativo, que circulava mensalmente pelos corredores da fundição, havia 6 mil pessoas dentro do pavilhão da empresa, 3 mil no pátio e outras 3 mil nos portões, do lado de fora. 

"Mesmo sob chuva, foi o que a nossa reportagem anotou", cita o texto. 

Nas fotos registradas pelo jornal, em preto o branco, aparecem homens, mulheres e crianças abaixo do palco montado para os artistas. Os registros desta edição 116, do ano 15, foram enviadas por um leitor à reportagem do A Notícia. 

Confira fotos do jornal

Artista morreu no Rio de Janeiro

A cantora Elza Soares morreu por volta das 15h45, em sua casa no Rio de Janeiro. Segundo a assessoria da artista, "por causas naturias". A morte da artista acontece no mesmo dia de Garrinha, há quase 40 anos, com quem teve um relacionamento por 17 anos. O jogador morreu em 1983.

Elza começou sua carreira nos anos 1960 e é considerada uma das maiores cantoras da música brasileira. A artista lançou 34 discos, onde misturou diversos ritmos - samba, do jazz, da música eletrônica, do hip hop e funk. Além disso, tanto em suas composições quanto em seu posicionamento, foi voz ativa no combate ao racismo e machismo. 

O corpo da cantora está sendo velado no Theatro Municipal do Rio de Janeiro. A cerimônia ocorre nesta sexta-feira (21) e será aberta ao público. Das 8h às 10h apenas amigos e familiares puderam entrar no local. Das 10h às 14h o espaço está aberto aos fãs. 

Ver fontes Baixe!