Central das Notícias
Notícias, vídeos e humores
closeDownload
Baixe agora!
share icon

BTG vê cenário nebuloso para a educação; Anima e Vitru são favoritas Por Investing.com

Investing
© Reuters.
© Reuters.

Por Ana Julia Mezzadri

Investing.com - O cenário para o setor de educação segue nebuloso, sobretudo para a educação superior, na análise do BTG Pactual em relatório distribuído nesta quarta-feira (13). 

A inflação do setor de educação superior apresentou os piores números da série histórica do banco: -0,27% em 2020, contra alta de 3,92% no ano anterior. Na visão do BTG, o cenário segue muito desafiador para o segmento, principalmente considerando que as aulas presenciais devem ser retomadas apenas em março. 

Por isso, o banco elege como favoritas no setor empresas menos suscetíveis ao cenário adverso: a Anima, que se beneficia de seu foco no nicho de alta qualidade, de sinergias de aquisições recentes e da relevante exposição a cursos de medicina; e a Vitru, focada no ensino à distância.

No fechamento do pregão desta quarta-feira (13), as ações da Anima (SA:ANIM3) tinham alta de 0,25%, ou R$ 36,09, enquanto as da Vitru (NASDAQ:VTRU) disparavam 8,08%, a US$ 15,38.

Os preços do ensino médio e do ensino básico também foram afetados. Porém, o banco avalia que os números de dezembro indicam uma leve recuperação ao final do ano. A inflação do ensino médio foi de 5% em 2020, abaixo dos 5,6% de 2019, enquanto a alta nos preços do ensino básico ficou em 3,7%, contra 7% no ano anterior.

A melhor performance do segmento em relação ao ensino superior se deve ao fato de a demanda ser menos elástica e menos suscetível a mudanças nos preços, visto que a percepção de qualidade das escolas particulares permite aumentos.

Ver fontes Baixe!