Central das Notícias
Notícias, vídeos e humores
closeDownload
Baixe agora!
share icon

Abraham suspende cotas para negros e indígenas criadas em governo do PT

Jornal GGN
Foto: Agência Brasil

Jornal GGN – Prestes a sair do Ministério da Educação, o ministro Abraham Weintraub revogou uma portaria assinada durante governo do PT que estabelecia a política afirmativa de cotas para negros, indígenas e pessoas com deficiência em cursos de pós-graduação.

Sem nenhum justificativa, a portaria foi divulgada no Diário Oficial da União nesta quinta (18).

A portaria, de 11 de maio de 2016, foi assinada pelo então ministro da Educação, Aloizio Mercadante, no governo Dilma Rousseff.

A medida obrigava instituições federais de ensino superior a apresentarem um plano para a “inclusão de negros (pretos e pardos), indígenas e pessoas com deficiência em seus programas de pós-graduação (mestrado, mestrado profissional e doutorado), como políticas de ações afirmativas”.

A Universidade de Brasília (UnB) aprovou no início deste mês a cotas para indígenas, quilombolas e negros na pós-graduação.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Ver fontes Baixe!