Central das Notícias
Notícias, vídeos e humores
closeDownload
Baixe agora!
share icon

Dólar volta a bater R$ 4,50; Bolsa brasileira tem manhã de queda

MSN
© Foto: Shuterstock

O dólar opera em alta na manhã desta segunda-feira, 2, e atingiu, mais uma vez, a casa dos R$ 4,50, em meio a incertezas provocadas pela disseminação rápida do coronavírus fora da China. No turismo, a moeda americana já é negociada a R$ 4,70, segundo levantamento realizado pelo Estadão/Broadcast com nove casas de câmbio. 

Load Error

Confira a cotação do dólar

De acordo com o economista da Guide Investimentos, João Maurício Rosal, o mercado de câmbio local sustenta o dólar em alta por contaminação pela dinâmica internacional. Os cenários internos dos países emergentes estão relegados a segundo plano hoje, afirma Rosal. O responsável pela área de câmbio da Terra Investimentos, Vanei Nagem, diz que o mercado está colado à alta do dólar ante os pesos chileno e mexicano porque não tem motivo para o mercado refrescar agora, com o coronavírus se disseminando no mundo e por aqui.

Na Bolsa de Valores de São Paulo, a B3, o Ibovespa perdeu força e foi para o campo negativo, em sintonia com a queda dos índices futuros de Nova York. Ainda que a possibilidade de medidas de estímulos por meio dos bancos centrais de vários países esteja presente nos mercados, as incertezas relacionadas ao coronavírus parecem maiores.

Às 10h49, o Ibovespa cedia 0,37%, aos 103.784,28 pontos. O dólar à vista subia 0,54%, a R$ 4,5021. Na renda fixa, o contrato de Depósito Interfinanceiro para janeiro de 2021 indicava 3,955%, ante 4,095% no ajuste de sexta-feira. O DI para janeiro de 2023 caía para 5,020%, de 5,24%.

Empresas

Após alta firme, as ações da Petrobrás desaceleraram o ritmo de alta a 0,71% (ações preferenciais, PN, sem direito a voto) e passaram a cair (-0,11%) no caso das ON (ordinárias, com direito a voto).

Diante de alertas sobre efeitos da epidemia de coronavírus sobre o setor de consumo, as ações do Pão de Açúcar ON lideravam a lista de maiores quedas na B3, às 10h39, cedendo 11,46%. Já Hypera ON, que comprou ativos da Takeda no Brasil e na América Latina, seguia na liderança dos maiores ganhos (11,52%), em meio à possibilidade de avanço na demanda no setor de farmácias.

O comissário da Indústria da União Europeia, Thierry Breton, revelou que o surto de coronavírus já custou 1 bilhão de euros ao turismo no bloco entre janeiro e fevereiro, devido à redução no número de turistas chineses.

Veja mais no MSN Brasil:
  • IR 2020: como usar o programa de declaração (Estadão)
  • Marca de Rihanna ajuda a afundar Victoria’s Secret (Forbes Brasil)
  • Mercado reduz estimativa do PIB de 2020 (Poder360)
  • 2º paciente com Covid-19 no Brasil é funcionário da XP (Exame.com)

___________________________

Vídeo: Coronavírus se espalha e prejudica economia mundial (AFP)

O que assistir a seguir
  • Coronavírus se espalha e prejudica economia mundial

    AFP
    1:46
  • Carteiro é surpreendido por lagarto

    BuzzVideos
    0:30
  • PIB cresce 0,4% no segundo trimestre e fica acima do esperado

    Estadão
    0:00
  • Você que é mãe já parou para pensar na aposentadoria?

    TV Cultura
    14:10
  • Xiaomi anuncia smartphone com câmera selfie de 32MP

    RUPTLY
    0:58
  • Criado há 25 anos, Real desvalorizou mais de 80%

    Estadão
    1:10
  • Quais são os direitos da trabalhadora que é mãe?

    TV Cultura
    13:58
  • Como é a concorrência de mercado da Cacau Show?

    TV Cultura
    1:09
  • Você sabe o que é o Coaf? Entenda

    Estadão
    0:54
  • Confira como economizar energia elétrica

    zoomin.tv
    1:26
  • Receita faz pente-fino em programa de repatriação de recursos

    Estadão
    0:00
  • Análise: quem é contra a reforma da Previdência?

    TV Cultura
    1:50
  • Avianca: passageiros relatam prejuízo com voos cancelados

    Estadão
    4:59

Siga-nos no
Facebook
Siga-nos no
Twitter
Baixe o app
Microsoft Notícias

Leia Mais
A Microsoft pode ganhar uma comissão de afiliado caso você compre algo recomendado nos links desse artigo
TÓPICOS PARA VOCÊ
Ver fontes Baixe!